Entramos na era Pós-PC.

Mobilidade com Windows Phone

Vivemos um mundo exponencial de dados, onde o mundo gira em torno da informação, saber captar as informações e delas se extrair o conhecimento é de vital importância e comum nos tempos atuais. A mobilidade dos smartphones, os movimentos dos video-games com leitor de movimentos, a dinâmica, o conceito de BYOD, tudo leva num ponte de entendimento onde o movimento esta presente, logo devemos ser mais ágeis, mais móveis, mais dinâmicos. Onde estaria a mobilidade em um PC domestico? Hoje temos tablets, e levamos os tablets para o trabalhao, temos notebooks e temos celulares que também não passamos 10 minutos do dia sem ele. Acessamos as redes sociais onde estiver. A era do PC esta chegando ao fim.

Cada vez mais vejo o PC doméstico como um ítem que deve ser descontinuado. Hoje meu filho acessa o Youtube pela TV e com qualidade HD, por que eu devo me deslocar para o quarto, ligar o PC, logar no sistema, acessar o site e fazer a mesma coisa sem o aconchego da sala? É um mundo sem volta. Vejo os PCs cada vez mais poderosos, pois mesmo com essas evoluções todas, ainda não conseguimos todos os recursos que um PC pode oferecer. Com isso, a visão de “PC doméstico” deve morrer, e, a tendência é o PC ter mais a “cara” de uma estação de trabalho All-in-one, voltado para trabalhos realmente específicos.

A Microsoft sabe disso, e como ela é e sempre foi a maior influenciadora de tecnologia do mundo, com o seu Sistema Operacional aplicando o conceito que esta em todos móveis do mundo, trazendo para o Desktop a “interface de celular”. Está claro que o novo sistema está mais voltado ao usuário móvel do que um usuário de Desktop fixo. Apesar de manter o legado das gerações passadas de sistemas operacionais, tem se notado claramente que, como novo Windows 8, o usuário só terá a experiência total que o sistema pode oferecer, se adquirir um dispositivo que ofereça os recursos de multitouch em seu Desktop. Que não é muito comum.

O mercado está tentando se adaptar trazendo monitores multitouch ao Desktop, mas é apenas uma solução mitigatória para não perder as vendas dos PCs, que estão em queda livre de vendas, pois os custos de um AIO ainda estão um pouco além das expectativas. Sim, a Microsoft mudou o mundo dos sistemas operacionais e esta mudando também a cara dos PCs do mundo hardware. Seu foco é sair do fixo e ir pro mundo atual, o mundo móvel, a mobilidade tecnológica veio pra ficar, é irreversível.

Fontes:
http://www.valor.com.br/empresas/3051552/venda-de-computadores-no-brasil-cai-2-em-2012http://www.fayerwayer.com.br/2013/03/venda-de-pcs-cai-no-brasil-que-ja-prefere-os-dispositivos-moveis/http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/03/venda-de-pcs-cai-e-brasil-deixa-de-ser-4-maior-mercado-do-mundo.html

Anúncios

Origem do sistema computacional, o ENIAC.

Conhecemos o famoso Windows, o Unix o FreeBSD e as inúmeras versões do Linux. Alguns são apaixonados ou mesmo levam ao ponto de criarem uma religião em defesa de seu sistema operacional favorito. Mal sabem que por trás de cada sistema operativo, existe uma base única, um conceito, uma definição que foi criada há muito tempo. O conceito de Sistemas Operacionais surgiu-se há muitos anos quando os estudiosos começaram a relacionar a Matemática com hardware. Ora, hardware é apenas um circuito oco sem um código analítico com instruções bem-definidas o hardware continuaria sendo apenas um grande “peso de papel”. O conceito do estudo de Sistemas Operacionais define justamente isso, ajuda compreender muitos aspectos da Computação que são úteis no dia-a-dia de qualquer profissional de TI, seja Desenvolvedores ou Arquitetura Computacional.

O sistema operacional que conhecemos hoje não foi igual o que no século 20 era definido como um “sistema”. Eles foram adaptados devido a grande evolução de dispositivos e tecnologias computacionais.

Charles Babbage

Na internet podemos encontrar histórias sobre cada sistema operacional, os fatos, e seus criadores, informações e características que cada sistema operacional atualmente possui. Em 1971 a 1871 viveu um matemático, filósofo, engenheiro, cientista chamado de Charles Babbage, juntamente com seus colegas de Cambridge, em 1812 montou uma Sociedade Analítica, criando diversos trabalhos em torno de Matemática. Em 1819, formulou um plano para construção de tabelas de logarítmos a partir de cálculos efetuados por uma máquina. Surgia aí a ideia de se ter uma máquina de fazer cálculos. Babbage é considerado o Pai da computação.

Mais sobre Babbage.

ENIAC

Mais tarde em 1941, temos o John Adam Presper Eckert Jr. construiu o UNIVAC I, uma versão comercial aperfeiçoada. Também foi o engenheiro-chefe do desenvolvimento do primeiro computador digital eletrônico, o ENIAC. O ENIAC tinha quase 18000 válvulas e resistores, e pesava várias toneladas. Esse princípio de eletrônica computacional contava com 500.000 conexões soldadas a mão que eram usadas para perfurar dados em cartões de armazenamento. O “computador” podia fazer 5000 operações por segundo e ocupada uma área de 1000 pés quadrados.

Outra figura importante foi John William Mauchly (1907-1980) era um físico americano que criou junto com John Eckert o ENIAC, tal como o sucessores EDVAC, BINAC e UNIVAC I, este, o primeiro computador comercial dos EUA. Juntos criaram a primeira empresa de comercialização de computadores, Eckert-Mauchly Computer Corporation (EMCC). Estes três homens serão sempre lembrados e mencionados na história dos sistemas operacionais, assim como na história da computação.

Análise crítica: O ENIAC não foi uma invenção exclusiva de engenheiros em eletrônica, tínhamos filósofos no meio do processo de criação. Estávamos no meio de uma guerra, já existiam tecnologias suficientes para a eletrônica traçar sua própria evolução. O foco não estava em se criar uma máquina eletrônica, mas sim uma arquitetura que calculasse as programações predefinidas por uma pessoa, algoritmos por exemplo. Portanto ao meu ver, o grande destaque da invenção ENIAC está mais voltada a capacidade de fazer cálculos automáticos, ou seja, a lógica, o software, o sistema. Mais uma vez a afirmação se confirma: uma arquitetura de hardware sem sistema operacional é apenas um peso de papel.

Continuarei com a disponibilização de artigos, com a finalidade acadêmica. Caso o artigo se enquadre em um requerimento seu, favor entrar em contato.  E compartilhe nosso blog.

Bruno Vieira

Fontes:
http://histinf.blogs.upv.es/2010/10/29/john-william-mauchly/
http://www.charlesbabbage.net/

Inscrições MSPTechDay evento presencial Teixeira de Freitas

Link para inscrições do MSPTechDay para o evento PRESENCIAL no dia 25 de maio de 2013, em Teixeira de Freitas, BA.

http://www.eventick.com.br/msptechdaytx2013

Quem quiser podemos arrumar uma caravana capixaba para irmos ao evento.

Informações adicionais

O MSP TechDay é um evento gratuito e organizado pelos MSPs (Microsoft Student Partners) destinado a compartilhar conhecimento sobre tecnologias Microsoft.

Grade de Palestras MSP TechDay Teixeira de Freitas:

Abertura (Palestra Microsoft)
Horario: 13:40 às 15:55

Palestra: Desenvolvendo sua primeira APP para Windows 8
Horario: 16:00 às 16:55
Palestrante: Emerson Santana

Palestra: Montando lab de teste com Windows 8 e Hyper-V
Horario: 17:00 às 17:55
Palestrante: MSP Eduardo Sena

Conceito de Data Warehouse, Data Mart, Data Mining e Text Mining

Representação de um Data Warehouse

Data Warehouse é um deposito de banco de dados somente leitura para análise de grandes volumes de informações de outros sistemas, e realizar relatórios de dados acumulados de outros sistemas. O propósito do Data Warehouse será de fornecer um histórico de dados com a possibilidade de criar filtros detalhista afim de se encontrar uma relação pertinente e extrair uma possível informação que possa ser explorada, trazendo uma vantagem competitiva para o organização. Data Mart são banco de dados departamentalizados. A intenção do Data Mart é dividir a centralização de dados única de um Data Warehouse e levar essa consulta de dados para responsabilidade de cada departamento. È possível trabalhar com Data Mart e Data Warehouse juntos numa organização, sendo os Data Mart departamentais coletores de dados de uma central de Data Warehouse. Data Minig é um processo, uma análise de vasculha de informações pertinentes na procura por padrões não conhecidos, baseando-se em padrões de hipóteses e descobertas. Os padrões de um Data Mining podem ser definidos como fórmulas, regras, funções, entre outras. Text Minig se assemelha muito ao Data Minig, é um processo de vasculha de informações, porém, por padrões ainda não conhecidos baseados em textos. As técnicas de Text Mining são úteis para procura de padrões em textos não estruturados em documentos, artigos, mensagens e sites da internet. Um exemplo seria o serviço de adwords do Google, ou políticas de rastreio de palavras proibidas em conversas chat de atendimento a suportes

Curso gratuito em EAD de IPv6

Site da Cetpro

O Cetpro.br está com inscrições abertas para um curso de iniciação em IPv6. Entre no link abaixo para mais informações sobre o curso. Existe alguns requisitos para ser contemplado com o curso, vale a pena.

Alguns tópicos que serão aplicados na curso:

-Introdução ao IPv6 e importância de sua implantação na Internet

-Funcionalidades básicas do IPv6

-Gerenciamento de redes IPv6

-Segurança em redes IPv6

-Coexistência e transição

-Roteamento IPv6

-Planejando a Implantação / Cenários

Link para informações: http://ipv6.br/ead/

Link para inscrições:  http://cursos.ceptro.br/

MSP TechDay! As tecnologias Microsoft ao seu alcance

Através de uma iniciativa dos MSPs juntamente com a Microsoft, nos dia 04, 11, 18 e 25 acontecerá o MSPTechDay. Serão apresentados uma grande série de eventos online e presencial, para divulgação das tecnologias e soluções Microsoft. É uma grande oportunidade para todos se inserirem no mundo de soluções Microsoft. Serão diversas palestras on-line comandadas pelo grupo de MSPs (Microsoft Student Partners) do Brasil. Uma ótima chance de se conhecer as novas ferramentas e soluções da Microsoft no segmentos de Infraestrutura e Desenvolvimento (DEV). Não perca seu tempo e cadastre-se agora no link descrito abaixo para as palestras On-line. No dia 25 de maio, será o último dia do evento com uma palestra presencial em algumas cidades do país (São Paulo, Teixeira de Freitas e Maringá).

#CaravanaTechDayBA quem vai? 🙂

Link para cadastro: http://www.msptechday.com.br/
E-mail
: contato@msptechday.com.br
Face: http://www.facebook.com.br/MSPTechDay
Hashtag Twitter: #MSPTechDay

Serão abordadas diversas tecnologias como Windows Server, SharePoint, SQL, Windows 8, Windows Phone, Azure IaaS, Azure DEV, Hyper-V, XAML e outros.

Data alterada: Webcast: Overview das certificações Microsoft Windows Server 2012

Nova Dashboard do Windows Server 2012

Olá a todos. Convido a todos para agendarem no próximo dia 30 de abril, terça-feira, ás 20h30. Para participarem de um webcast que será  de grande utilidade para todos que trabalham com as soluções Windows Server. As novas trilhas de certificações Microsoft estão disponíveis ao publico técnico ou mesmo para quem deseja ingressar nesse mundo de das soluções.

Será ministrada pelos palestrantes Eduardo Sena e Flávio Honda e irá tirar todas suas dúvidas a respeito das novas carreiras de certificações. Eu serei o moderador desse evento, não percam.

Esse webcast será o primeiro de uma série de webcasts programados com o tema Windows Server 2012, estarei como moderador do evento. Não percam.

Nota:

Por motivos de força maior, o Webcast sobre overview das certificações Windows Server 2012 que estava agendado para o dia 30/04/2013 foi transferido para o dia 09/05/2013 no mesmo horario as 20:30. Para quem já fez a inscrição, não precisa fazer novamente o link será o mesmo para ter acesso ao Webcast. Quem não fez ainda pode se inscrever no link abaixo.
Peço desculpas pela ocorrido.

Evento: Webcast: Overview das certificações Microsoft Windows Server 2012
Local: Technet CEA
Link para inscrição: http://bit.ly/178I4WG
Palestrantes: Eduardo Sena e Flávio Honda